Como você lida com emoções fortes no trabalho?

Aprender a lidar com emoções fortes no trabalho é uma habilidade
valiosa para manter bons relacionamentos, preservar a comunicação
aberta e cultivar um ambiente de trabalho saudável. Diversas técnicas
podem contribuir para você lidar com emoções fortes, a primeira
estratégia é praticar antes que estas emoções surjam, para saber o que
fazer quando você confrontar uma situação desse tipo.

Lembre-se que todas as emoções são impermanentes – elas surgem,
permanecem por um tempo e depois passam. Quando você for tomado
por uma emoção forte, pare imediatamente o que você está fazendo e
dirija o seu foco de concentração para as sensações físicas. Prestar
atenção aos seus pensamentos tende a piorar a situação, uma vez que
os pensamentos podem intensificar as emoções.

Uma das formas eficientes para lidar com as emoções fortes, não é
negá-las nem suprimi-las. Do ponto de vista da atenção plena,
(mindfulness) é útil aceitar os sentimentos, de coexistir com o que está
presente, em vez de fingir que nada está acontecendo.
A estratégia para lidar com emoções fortes, como por exemplo raiva ou
frustração é interromper os seus pensamentos e dirigir
conscientemente sua concentração para as sensações físicas.

Você pode fazer isso levando sua concentração para a respiração para
permitir que ela se acalme naturalmente. Não tente mudar nada,
apenas observe a respiração, ela tende a ficar mais profunda e suave.
Outra alternativa é caminhar com atenção plena. Isso significa
interromper seus pensamentos e se concentrar apenas nos seus
passos ou na sua respiração. As emoções ficarão gradualmente mais
amenas.

Ao dirigirmos a nossa atenção para o momento presente, criamos um
espaço entre o que aconteceu (o estímulo) e a nossa resposta, e tendo
mais calma podemos tomar decisões mais conscientes.
Quando você vivencia uma emoção forte, o seu corpo secreta vários
hormônios, entre eles a adrenalina e cortisol. Depois que o estresse
diminui, o efeito da adrenalina pode durar até uma hora . Por este
motivo, observamos às vezes a “ressaca emocional” depois de
vivenciar uma emoção intensa, resultado dos hormônios que circulam
ainda pelo nosso organismo e que contribuem para que o mal-estar
dure mais tempo.

Ter consciência do nosso estado emocional é uma ferramenta valiosa
para nos lembrar de nos acalmarmos antes de agir. A boa notícia é que
isto é uma habilidade que pode ser desenvolvida.

Gostaria de baixar este conteúdo? Clique aqui! Para receber diretamente no seu e-mail cadastre-se na minha newsletter!

Deixe um comentário